RESENHA: LIVRO A CULPA

Não tenho como não começar esse livro com um grande e sonoro UAL. A Culpa foi escrito pelo autor Gustavo Felipe Monteiro de Castro, publicado pela Editora Scortecci e com 198 páginas de muita culpa e aflição.

20170724_234440

Em A Culpa, Gustavo começa retratando a história de Toninho, um garoto de família rica, com 9 irmãos e uma vida feliz e saudável. Até que uma enorme crise abateu a sua família, e eles tiveram que se adaptar com uma vida mais simples. No novo bairro, apesar de toda a dificuldade, Toninho cresceu saudável e feliz junto de seus irmãos e de sua irmã Joana, a quem ele era muito apegado. Porém as tragédias na família de Toninho não haviam acabado, por conta de uma escolha houve uma série de acontecimentos devastadores. A morte de Joana, seguida da morte do pai, e uma culpa imensa que assolou a mente de Toninho, ocasionando uma sequência de doenças físicas e mentais, fazendo-o permanecer inerte em seu remorso, entrando frenquentemente em um mundo paralelo de lembranças, e fazendo com que sua mente atrofiasse a cada dia. Após algumas tentativas a família de Toninho acabou internando-o em um hospital psiquiátrico, onde Toninho, com apenas 18 anos, cruza com diversas histórias diferentes, e vive inicialmente momentos de terror entre os internos, com uma realidade triste e desumana, comum nos manicômios daquela época.

20170724_234505

Dentre tantas histórias relatadas no livro, Toninho cruza com o segundo personagem, ou personagens. Geraldo/Tranvestino era um dos Jovens mais ricos de sua cidade, que acaba se deparando com um transtorno dissociativo de personalidade, ou dupla personalidade, o que faz com que toda a sua vida tome um novo rumo. Entre uma personalidade e outra ele vive duas realidades diferentes, duas personalidades opostas. A partir daí qualquer informação é spoiler demais.

20170724_234531

A Culpa é um livro pesado, forte, difícil, mas com um desenrolar impressionante. Te faz enxergar como a culpa e o arrependimento podem se tornar fardos tão pesados ao ponto de fazer com que o ser humano entre em um estado mental perturbador. Todas as histórias dos internos do manicômio são impressionantes, e toda a vida que eles levam lá dentro é amedrontadora, angustiante. Definitivamente não é um livro de felizes para sempre, mas sim um livro de consequências. Gostei muito do livro, desde o título impactante até a história que fez jus ao mesmo.  Mas só lendo para entender e descobrir que atos foram estes que fizeram com que estes jovens mergulhassem em tal estado. Vai por mim, ao contrário do nome do livro, você não vai se arrepender de lê-lo. 😉

Você pode comprar o livro na Livraria Asabeça. 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s